terça-feira, 21 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Vinicius de Moraes

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.




Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.

Assim como o Oceano, só é belo com o luar
Assim como a Canção, só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem, só acontece se chover
Assim como o poeta, só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor, não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você!

EU NAO EXISTO SEM VOCE



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Além do limite

Além do Limite


Se somente eu lutar
por um mundo melhor,
um dia eu me cansarei
e, certamente, desanimarei
diante das dificuldades.

Eu sou um ser humano
e tenho também meu limite,
por mais que Deus em mim habite...

Mas, se eu tiver o teu ombro amigo
e você caminhar comigo,
com a fé que abre portas
e a tua palavra de encorajamento
nem por um momento
ficarei desanimada.

Eu irei, sim, além do meu limite
e chegarei ao castelo de sonhos
que em algum lugar sei que existe...

Eu preciso muito de você
e, certamente,
você precisa também de mim.
Vamos unir nossas forças
para nos tornarmos fortes.

Com o amor sendo um suporte
venceremos muitas barreiras
e até mesmo a morte...

Não importa o teu passado,
limitações que tenhas,

Falhas, quem é que não tem?
Eu somente espero
que você seja sincero,
respeite minhas emoções,
ajude nos meus erros,
mas aponte também as soluções...

Vamos construir um mundo
onde haja mais justiça,
fraternidade,
paz entre as pessoas
e muita solidariedade.
Isso não é uma fantasia
e nem falo com precipitação.

Se cada um fizer um pouco,
em breve seremos uma nova história, onde exista

muita, muita emoção, e as bençãos dos céus
dentro dos nossos corações.

"Ser Forte"



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O tempo

O tempo quem fazemos somos nós mesmos.
O tempo de ontem não pode voltar, mas o tempo de hoje
pode ser igual, pode ser melhor, poder ser magnifico ...
O Sol que brilha na minha frente hoje,
brilha forte, lindo, os meus sonhos não morreram
eles estão aqui, alguns ficaram adormecidos,
outros estão latentes ... A vida está aqui,
e cada momento pode ser o momento da eternidade,
da felicidade sonhada, desejada.

Amar você! - Uma mensagem romântica



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Quando a Chuva Passar -- Paula Fernandes -- Trilha de "Escrito nas Estre...



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Eu preciso de você - Maria Bethânia

Uma música especial de autoria de Roberto Carlos.
Letra especial de um amor lindo, pleno.
Cantada em versos numa vida, a minha vida.
E hoje exposta aqui direcionada para alguém,
alguém que pode ser especial também !!!

Eu preciso de você



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé

domingo, 5 de dezembro de 2010

Cai chuva (Fernando Pessoa)

CAI CHUVA DO CÉU CINZENTOCai chuva do céu cinzento
Que não tem razão de ser.
Até o meu pensamento
Tem chuva nele a escorrer.

Tenho uma grande tristeza
Acrescentada à que sinto.
Quero dizer-ma mas pesa
O quanto comigo minto.

Porque verdadeiramente
Não sei se estou triste ou não.
E a chuva cai levemente

Agradecimento sincero

Importância do agradecimento
paz-4     Muitas vezes lembramos de DEUS nas horas tristes ou nas grandes perdas mas nos esquecemos que diariamente recebemos muito mais, a começar pela nossa vida.   Inclusive as coisas negativas, que na realidade são oportunidades para refletirmos e crescermos muito mais.  
É importante sermos gratos a Ele.
Em busca de
PAZ


      HÁ MOMENTOS EM NOSSAS VIDAS EM QUE NOS SENTIMOS PROFUNDAMENTE TRISTES. OUTRAS VEZES, DESESPERADOS, SEM SABER QUAL RUMO TOMAR:
"MEU DEUS, E AGORA?"
      HÁ MOMENTOS EM QUE ESTAMOS PRESTES A REALIZAR UMA GRANDE FAÇANHA, É QUANDO PODEMOS PEDIR:
"DEUS, DAI-ME FORÇAS!"

Deus em nossa vida

paz-2     DEUS nos dá a vida, a capacidade de pensar e agir livremente e de tomarmos nossas decisões.   Não interfere em nossas escolhas, não nos abandona em nossos erros e sempre nos dá uma nova oportunidade.   O que às vezes interpretamos como algo negativo pode ser o início de um benefício futuro.   O amor de DEUS é incondicional.   O seu desejo é que sejamos felizes.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

As sem-razões do amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.


Esta poesia é do mágico Carlos Drumond de Andrade
e faz parte das minhas anotações no meu diário escrito
em 12 de junho de 1969 .

Pensamento na madrugada

Hoje, a madrugada se fez presente
Na minha varanda ...
O silêncio vem junto trazendo
acertos, coerência, e tantas coisas
passam na nossa imaginação.
As vezes quase sempre ...
aparecem soluções para os desafios
nos quais temos que passar.
Surgem em nossos pensamentos
com o raiar de um novo dia
e com as cores da vida que nos ilumina,
como temos que nos portar
diante de tudo que as vezes nos
aborrece tanto.
Ontem, um amigo me disse:
"Se tivermos sempre que falar com os nossos
entes queridos, pensar, analisar o que sai da
nossa boca, não será melhor não falar e
deixar acontecer?"
Fácil, muito fácil, resolvido, o problema
só é dificil se calar, mas há que se tentar.
O melhor será ir para outra questão,
aquela que podemos falar a vontade,
rir muito e que nossas palavras só bem traz
aos nossos queridos.
Tantas coisas temos que passar, essa é a vida,
porém sabemos as respostas e
a nossa inteligência nessas horas tem
que falar mais alto.
Mas, quando nos sentirmos tão fragilizados,
pensemos:  serão esses os dias dificeis
que estão em Apocalipse ???
É, realmente são, "Jesus" nosso fiel amigo
já nos alertou há muito tempo atrás, é que
às vezes achamos o que não devemos achar.
Devemos entrar no nosso mais intimo ser, e nos
concientizar que somos muito necessitados
da sua força, da sua ajuda, da sua serenidade,
da sua paz, e principalmente da sua
paciência e amor !!!
Diante disso, o dia já raiou, e o meu dia
começa de novo, cada dia o seu dia !!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Várias interpretações

"Em nossas preces, sempre procuramos dizer onde erramos,
 e o que gostaríamos que acontecesse conosco.  Mas o Senhor
 já sabe de tudo isto, e as vezes nos pede apenas para ouvir o
 silêncio e ter paciência."

"A maior mentira do mundo: em determinado momento de nossa
 existência, perdemos o controle de nossa vida, e ela passa a ser
 governada pelo destino."

"Há momentos em que as tribulações acontecem em nossas vidas,
 e não podemos evitá-las. Mas estão alí por algum motivo. Só
 quando as ultrapassamos, entendemos porque estavam alí."

"As vezes certas bençãos de Deus entram estilhaçando todas as
 vidraças."

"O medo de sofrer é pior do que o próprio sofrimento. E nenhum
 coração jamais sofreu quando foi em busca de seus sonhos. O
 mundo está nas mãos daqueles que têm coragem de sonhar e
 correr o risco de viver seus sonhos."

"Só uma coisa torna um sonho impossível, o medo de fracassar."

(Paulo Coelho)

Uma crônica sobre a amizade maior

Pode ser que um dia deixemos
Definitivamente de nos falar ...
Mas enquanto houver alguma amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe ...
Mas, se a amizade permanecer,
Um do outro se há-de-lembrar.

Pode ser que um dia realmente
Nos afastemos, mas
Se formos amigos de verdade
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais
Existamos, mas
Se ainda sobrar amizade
Nasceremos de novo
Um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe ...
Mas, com a amizade construiremos
Tudo novamente.
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos
Lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que
Todas as coisas são um milagre!

(Albert Einstein)

Amor sem medida

Enquanto não superarmos
A ânsia do amor sem limites
Não podemos crescer emocionalmente.
Enquanto não atravessarmos
A dor da nossa própria solidão
Mesmo rodeada de muitas pessoas
Continuaremos a nos buscar sempre,
Naqueles caminhos percorridos,
Nos caminhos a percorrer.
(Fernando Pessoa)


"Mas há vida que é para ser intensamente vivida,
 há o amor que tem que ser vivido até a última gota.
 Sem nenhum medo, não mata!"
(Clarice Lispector)


"Dá-me amor, me sorri e me ajuda a ser boa,
 não te firas em mim, seria inútil,
 não me firas a mim,
 porque te feres a si próprio."
(Pablo Neruda)


Por favor, não me analise
Não fique procurando
Cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise
profunda, quanto mais eu!
Amar, é síntese
Uma integração de dados
Não há o que tirar nem por.
Me envolva toda em seus braços
E poderei ser assim "perfeita".
(Desconhecido)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O amor, sempre o amor

É dificil para os indecisos
É assustador para os medrosos
Avassalador para os apaixonados
Mas, os vencedores no amor são os fortes.
Os que sabem o que querem
E querem o que têm.
Sonhar um sonho a dois
E nunca desistir da busca de ser feliz,
É para poucos ...

(Cecília Meirelles)




"Toda felicidade é construída por emoções secretas.
Podem até comentar sobre nós, mas nos capturar, só
com a nossa permissão.
A minha felicidade não é a sua !!!"

Um amor pra sempre

Quando a gente ama alguém de verdade
Esse amor não se esquece
O tempo passa, tudo passa,
Mas no peito o amor permanece
E qualquer minuto longe é demais
A saudade atormenta
Mas qualquer minuto perto é bom demais
E o amor só aumenta.
Eu nunca imaginei que houvesse no mundo
Um amor desse jeito
Do tipo que quando se tem
Não se sabe se cabe no peito.
Eu posso dizer que sei
O que é ter um amor de verdade
Um amor que vive pra sempre
Para a eternidade
Para esse amor infinito
O meu amor mais bonito
Esse amor sem limite,
O maior e mais forte que existe!!!

(Letra maravilhosa de uma música de Roberto Carlos)

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Lady Laura

Música de Roberto Carlos

No ano que foi lançada essa música, também foi o ano que a minha mãe Laura foi se encontrar com o Nosso Senhor, e toda vez que escuto essa música, eu pergunto que coincidência é esta.

Roberto Carlos-Lady Laura (português)



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Os leoninos da minha vida

Coincidências de datas
Será que coincidência realmente não existe?
Tudo começou com uma mulher
Dona Laura (minha mãe)
Leonina, nasceu em 24/07
Mulher meiga, compreensiva, guerreira
A mais amada, lutadora, as vezes brava também.
Ela era o meu porto seguro,
Meu ponto de chegada.
Eu podia sem medo de errar
Abrir o meu coração pra ela,
Da maneira que quizesse
Me conhecia por inteira,
Me amava incondicionalmente
E para os seus olhos,
Era a filha perfeita, poderosa
E sempre me dizia,
Que o céu era o meu limite.
Que saudades ...
No dia 19/08/1978
Ela me deixou.
A dor foi tanta,
Que palavras não explicam.

Na trajetória da minha vida,
Um outro leonino aconteceu,
Meu primeiro bebê, José Renato.
Nasceu no dia 09/08/1977,
Sua missão aqui na terra
Foi curtinha, só veio me conhecer,
Olhar pra mim, me fazer sentir
A maior emoção naquela dia,
Quando apertou com a sua mãozinha
A minha mão enluvada naquela UTI
do Hospital Albert Einsten
Fui a mulher mais feliz
O meu coração se encheu de sonhos.
Mas no dia 19/08/1977,
Ele se foi.

Não foi um leonino
Que segurou isso tudo,
Foi um gigante presente
Que queria respirar por mim,
Um aquariano
Que no longo da sua vida
Caminhou juntinho comigo.
Nossos passos não eram 4 pegadas,
Se olhasse direito, eram 2 pegadas.

Ser leonino deve ser bom,
Aquariano, taurino, escorpiniano,
capricorniano, sagitariano como a Leticia,
piciano como o JC Neto, o Arthurzinho,
Deve ser melhor ainda.
Sobre mim, sei que nasci
Para viver uma grande história
Repleta de acontecimentos, e
Que ainda não acabou,
Sei que sou abençoada nas alegrias,
nas tristezas, e sei que Deus me
carrega em seus braços em todo o tempo,
Às vezes, dou uma escorregada, básica,
Mas ele me pega rapidinho,
De novo e de novo!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Entender é fácil

"Cansei de tentar entender a vida, pois ela sempre me surpreende, porém não me assusta mais, só me entristece".        (G.Rosa)


"Outro sinal de se estar no caminho certo é o de não ficar aflita por não entender:  a atitude deve ser:  não se perde por esperar,  não se perde por não entender.  Então comecei uma listinha de sentimentos dos quais não sei o
nome.  Como se chama o que sinto?  A saudade que se tem da pessoa que nos magoou. Como se chama?  Estar ocupada e de repente parar por ter sido tomada por uma súbita desocupação desanuviadora e beata, como se uma luz de milagre tivesse entrado na sala: Como se chama o que se sentiu ???"
                                                               (Clarice Lispector)

"Escrever, escrever, escrever ... é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador.  Escrever é também se acalmar, abençoar a vida !!!"
                                                               (Clarice Lispector)

Bem, me entender é muito simples, é fácil, muito fácil, é só se por no meu lugar, passar pelo que passei, bater com o bumbum no chão. Ah! ver com os meus olhos, sentir com as minhas mãos, caminhar com as minhas pernas, e lembrar-se dos detalhes importantes que eu nunca mencionei ...
Sinceramente, as vezes acho que não sou mais daqui e quer saber, não tente me entender.  Deixa assim !!!                   (Clarice Lispector)

"Existem coisas na vida que não é para se entender. É para se aceitar."
  Ponto.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Para se roubar um coração

Crônica de Luiz Fernando Verissimo
Guardada há muitos anos no meu coração


Para se roubar um coração
é preciso que seja com muita habilidade,
tem que ser vagarosamente, disfarçadamente,
não se chega com impeto, não se alcança o coração
de alguém com pressa.
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente,
apoderar-se dele aos poucos, com cuidado,
não se pode deixar que percebam que ele será roubado,
na verdade, teremos que furtá-lo, docemente.
Conquistar um coração de verdade dá trabalho,
requer paciência, é como se fôsse
tecer uma colcha de retalhos,
aplicar uma renda em um vestido,
tratar de um jardim, cuidar de uma criança.
É necessário que seja com destreza,
com vontade, com encanto,
carinho e sinceridade.
Para se conquistar um coração,
definitivamente, têm que ter garra e esperteza,
mas não falo dessa esperteza que todos conhecem,
falo da esperteza de sentimentos,
daquela que existe guardada na alma
em todos os momentos.
Quando se deseja realmente
conquistar um coração,
é preciso que ele já tenha sido explorado
nos mínimos detalhes,
que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho,
entender cada espaço preenchido
 e aceitar cada espaço vago,
e ... então,
quando finalmente esse coração for conquistado,
quando tivermos nos apoderado dele,
vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco.
Uma metade de alguém que será guiado por nós,
e o nosso coração passará a bater
por conta desse outro coração.
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas
com certeza haverá instantes,
milhares de instantes de alegria.
Baterá descompassado muitas vezes,
sabe por que ???
Faltará a metade dele que ainda não está junto,
até que um dia, cansado de estar dividido ao meio,
esse coração chamará a sua outra parte e
por vontade própria, sem que precisemos
roubá-la ou furtá-la
nós entregará a metade que faltava.
E é assim que se rouba um coração, fácil não ?
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade,
a outra virá na nossa mão e então ficará
detectado o roubo.
E é só por isso que encontramos tantas pessoas
pela vida a fora, que dizem que nunca mais
conseguiriam alguém de novo ...  é simples
é porque elas não possuem mais coração,
eles foram roubados, arrancados do seu peito,
e somente com um novo grande amor,
muito grande mesmo,
ela teria esse coração de novo,
para então ser dividido, e com certeza
repartiria ...
A vida seguiria o seu percurso normal.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Frases do meu diário

Muitos dizem que sou apenas mais uma a tentar, eu digo que sou menos
uma a desistir.

A vida é para quem topa qualquer parada, e não para quem para em qualquer
topada.

O choro pode durar uma noite, mas a alegria vêm pela manhã.
(biblico)

Palavras amigas são doce como o mel dão ânimo e novas forças.
(biblico)

Confie Nele e Ele tudo Fará!
E até aqui me ajudou o Senhor!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sabedoria de "Dalai Lama"

Uma árvore em flor fica despida no outono.
A beleza transforma-se em feiura,
a juventude em velhice e o erro em virtude.
Nada fica sempre igual e nada existe realmente.
Portanto, as aparências e o vazio
existem simultaneamente.


Algumas pessoas têm amor por você,
outras têm raiva. O que sentem nem sempre
depende de seu comportamento.
As reações delas as vezes são justas,
outras vezes injustas.
Dê sem contabilizar.
E esteja atento as suas necessidades.

Quando nos damos conta que cometemos um erro,
temos que tomar as atitudes necessárias.
Lembremo-nos sempre dos 3 imprescendíveis Rs:
Respeito por nós próprios.
Respeito pelo próximo.
Responsabilidade pelas nossas ações.

Ser feliz

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver
apesar de todos os desafios,
incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas,
e se tornar um autor da própria história,
é atravessar desertos fora de si,
ser capaz de encontrar um oasis
no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã
pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um não.
É ter segurança para receber uma critica
mesmo que injusta.

Pedras no caminho?
Guardo todas,
um dia vou construir um castelo.

(Fernando Pessoa)

sábado, 20 de novembro de 2010

Estou cansada

De repente, não mais que de repente ...
Fiquei cansada !!!
Nossa, hoje realmente estou cansada !!!
Até que o novo dia amanheça.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Trechos únicos da biblia

"O homem de bem tira boas coisas do tesouro do seu coração, e o mau, do mau tesouro do seu coração; pois a boca fala aquilo do que o coração está
cheio."                     (Lucas 6, 43-45)


"Tudo neste mundo tem seu tempo; cada coisa tem sua ocasião.
Há um tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de derrubar e tempo de construir.
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar;
tempo de chorar e tempo de dançar;
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar e tempo de afastar.
Há tempo de procurar e tempo de perder;
tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
tempo de rasgar e tempo de remendar;
tempo de ficar calado e tempo de falar.
tempo de semear e tempo de colher.
Há tempo de amar e tempo de odiar;
tempo de guerra e tempo de paz."
(Eclesiastes, 3 1-8 - tirado do livro da Ana Maria Braga)

"Não temerás os terrores da noite, nem seta que voe de dia,
nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole
ao meio-dia. Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil a tua
direita, mas tu não serás atingido."
(Salmos 91)

"Não há árvore que o vento não tenha sacudido".
(Provérbio hindú)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Nosso destino está em nossas mãos !!!

Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas
tudo aquilo que te rodeia a existência.
Teus pensamentos e vontade são a chave
de teus atos e atitudes.
São as fontes de atração e repulsão na
tua jornada vivência.
Não reclames nem te faças de vítima.
Antes de tudo, analisa e observa.
A mudança está em tuas mãos.]
Reprograma a tua meta.
Busca o bem e viverás melhor.
Embora ninguém possa voltar atrás e fazer
um novo começo, qualquer um pode começar
agora e fazer um novo fim.
(Chico Xavier)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Uma crônica para os meus filhos

Posso me sentir em alguns momentos,
Um pouco sozinha.
Mas posso sentir em um milhão de momentos,
Que sou a mulher mais bem aventurada deste mundo.
Pude neste mundo ser "mãe" de três meninos.
E cada um me trouxe a felicidade que jamais
pudesse sentir nesta vida.
Um amor tão grande que não tem medida.
Com o nascimento do meu primeiro filho,
Pude sentir a sensação do amor incondicional,
A importância que me era dada por Deus,
Com aquela vidinha,
Pude sentir que era imprescendível.
A menina se transformara em mulher!
Com o meu segundo filho,
Pude sentir a sensação da felicidade total,
Como eu sempre almejei,
Minha familia foi se tornando grande.
Com esse menino pude ser egocêntrica também,
Não cabia em mim tanto orgulho.
Um prazer imenso,
Na nossa mesa de jantar,
Quatro lugares formavam a minha familia.
Com o meu terceiro filho,
Pude sentir a mais completa felicidade.
A sensação verdadeira da missão cumprida
como "mãe".
Esse menininho de olhos azuis era o anjo que faltava.
Minha familia ficou completa.
Cinco lugares formavam a nossa mesa.
Perfeita, maravilhosa.
Eu duvido neste mundo,
Existisse felicidade maior em algum lugar do mundo.

Que essas minhas palavras permaneçam eternas, imortais.
Que em meus filhos eu nunca venha a morrer.
Que o meu amor por eles ultrapasse todos os limites terrenos.
Que a minha felicidade neles permaneça pelo século dos séculos.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sonia Mello 120... 150... 200... km por hora - de Roberto e Erasmo Carlos



Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Sopro de Vida

De repente as coisas não precisam mais fazer sentido.
Satisfaço-me em ser!  Tu és?
Tenho certeza que sim.
O não sentido das coisas me faz
ter um sorriso de complacência.
De certo tudo deve estar sendo como é !!!

(Esta foi uma das últimas postagens de Clarice Lispector
 antes de sua morte - Livro: Sopro de Vida)




No fim tu hás de ver que as coisas mais leves
são as únicas que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no exato momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha o próprio vento.

(Também uma das últimas postagem de Mário Quintana)



De tudo, ficaram três coisas:
A certeza de que estava sempre começando,
A certeza de que é preciso continuar, e
A certeza de que seria interrompido antes de terminar.
Portanto,
Fazer da interrupção um caminho novo,
Da queda um passo de dança,
Do medo uma escada,
Do sono uma ponte,
Da procura um encontro.

(Fernando Sabino)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Como ver o Sol ???

Posso ser várias.
Tem momentos que sou toda doçura.
Se estás no meu pensamento
Tem momentos que sou toda tristeza.
Se também estás.                                                          
Decifrar meu espirito
Pode ser como
Ler no brilho das estrelas
Dentro da noite escura
A beleza dos sonhos acontecerem
Encontrar na lua
O feitiço do amor perfeito.
E ao amanhecer ...Ver o Sol acontecer
Sem se ofuscar com o seu brilho,
Os sonhos aconteceram
O feitiço passou,  E
Um novo dia está por vir,
Então posso ser a outra
A última ...
E dentro desta, a força da primeira
Com a magia da única.


Autora: Sônia MLO

Sou como você me vê

Algumas de "Clarice Lispector" que adoro !!!

O que eu sinto eu não ajo.
O que ajo não penso.
O que penso não sinto.
Do que sei sou ignorante.
Do que sinto não ignoro.
Não me entendo e ajo como se me entendesse.

Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa.
Ou forte como uma ventânia.
Depende de quando
E como você me vê passar.

Oh Deus, que faço dessa felicidade ao meu redor que é eterna,
eterna, eterna e que passará daqui a um instante? Porque o corpo
só nos ensina a ser mortal?

Agora preciso da tua mão, não para que eu não tenha medo,
mas para que tu não tenhas medo. Sei que acreditar em tudo
será no começo, a tua grande solidão, mas chegará o instante
mágico em que me darás a mão não mais por solidão,
mas por amor.

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do
que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade
inventada".

terça-feira, 2 de novembro de 2010

A ternura que busco

Pelo lado de fora, lindo era o silêncio , compreendia a surdina da sina, quem sabe nem fosse silêncio e sim um ritmo... Há no ciciar ternura, chega ao ouvir da Lua, desliza nas árvores, preenche-as de frutos. De lá colhi meu sono, escondida estava no colo da noite, encontrei! Sussurrava o crepúsculo insaciável.  
Lá se ia meus pensamentos: arrastava versos, criava procura… eis no caminho uma rota, nela uma brota.

— A alma levava-me a ela, o corpo ia tripulante. (uma navegadora a deriva). No balançar das ondas hasteava a esperança, esposava os meus abraços, trazia a poesia sã e salva. Felicidade chegava naquela hora, sorria desconexa, trazia em si, rimas, dormiu ao meu lado!
Nestas águas de silêncio velejo as escondidas, levo o meu coração para prender os mares numa praia deserta!


Esta poesia é de autoria do meu irmão J.Vitor, como um carinho pra mim.

Páginas da vida

Minha vida é um livro aberto,
Mas com páginas faltando,
Arrancadas pelos ventos
Do destino, da ironia,
Ainda malografadas fantasias,
Dos mais intimos pensamentos.
Têm folhas tão bem escritas,
Tão coloridas, alegres ...
Outras, ilegíveis, corrompidas
De dias sufocantes
Pedaços das minhas mágoas,
Que desenharam e marcaram
Tantas páginas.
Se um desejo eu pudesse
Quisera mergulhar
Em uma fase de luz ...
Nos anos de um outono vindouro
Superar este abandono
Que foi imposto.
Reaver algumas folhas
Corrigir alguns erros
Restaurar dores, perdas ...
Realinhar os meus passos
Possa, ao menos, eu sonhar
Que a brisa da esperança
Traga um pouco de bonança
Que outra chance esteja vindo,
As passagens colorindo,
Nas páginas da existência
Que me restam a escrever.

De: Oriza Martins,  postado  por Sônia MLO

Farei deste “Blog” meu caderno

Farei deste “Blog” meu caderno

Caderno que se põe aberto para cordear letras, letras corridas preenchidas de inabilidade em linhas da vida ida.
Se a fertilidade vertia-se nas espigas de rabisco; meus pés fizeram alagares de inaptidão. Cresceu ervas daninha, suplantou as letras, digo ao agora, “conselho destas linhas:” “A vida que nos mostre a necessidade de ser por menos e por mais efetiva.” - ninguém lastimará a quem não soube discursar, não soube louvar, elevar e ou até pregar!!!
Ninguém perdoará pelas tais coisas, pelos traçados a toa. Sim! Serei memorada em cada caso perdido; serei uma luz escassa num candeeiro esquecido.    
Não precisarei ser letras inteligentes; vestir-me-ão os olhares distantes.
 Caderno que se põe aberto! — vou mudar-te agora, capinar o teu redor, ampliar o teu paiol, enxertar as parreiras, vê-las colorir a taça… minha! antes baça!





Esta poesia é de autoria do meu irmão J.Vitor, como um carinho pra mim.

Não dá para parar


A vida é por nós um diário.

Descreve caminhos, dita destino.
Dá a cada qual a suas pedras
Alimenta as orgias, copia o medo…

A vida nos faz segredo.
“Na medida do tempo”
Destrama uma trama
Esparrama sua tinta crônica

E traz as letras do futuro.

A vida não nos dá a opção de frear,
Tão pouco estacionar a felicidade,
"beijar o mesmo beijo seria voltar"  
cada amor feito morre nos seus ases,
e nestes ases, amores vão se produzindo;
e a resposta do amor vai se reproduzindo!


Esta poesia é de autoria de J.Vitor,
meu irmão, como um carinho pra mim!




segunda-feira, 1 de novembro de 2010

video
Ausência

Eu deixarei que morra em mim o desejo de amar os teus olhos que são doces
Porque nada te poderei dar senão a mágoa de me veres eternamente exausta.
No entanto a tua presença é qualquer coisa como a luz e a vida
E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto e em minha voz a tua voz.
Não te quero ter porque em meu ser tudo estaria terminado.
Quero só que surjas em mim como a fé nos desesperados
Para que eu possa levar uma gota de orvalho nesta terra bendita.

Que ficou sobre a minha carne como nódoa do passado.
Eu deixarei... tu irás e encostarás a tua face em outra face.
Teus dedos enlaçarão outros dedos e tu desabrocharás para a madrugada.
Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu, porque eu fui o grande íntimo da noite.
Porque eu encostei minha face na face da noite e ouvi a tua fala amorosa.
Porque meus dedos enlaçaram os dedos da névoa suspensos no espaço.
E eu trouxe até mim a misteriosa essência do teu abandono desordenado.
Eu ficarei só como os veleiros nos pontos silenciosos.
Mas eu te possuirei como ninguém porque poderei partir.
E todas as lamentações do mar, do vento, do céu, das aves, das estrelas.
Serão a tua voz presente, a tua voz ausente, a tua voz serenizada.

Vinícius de Moraes

domingo, 31 de outubro de 2010

Ainda sobre a Felicidade !!!

Sou o que quero ser,
Porque possuo apenas uma vida
E nela só tenho uma chance
De ser feliz.
Tenho felicidade o bastante
Para fazê-la doce,
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana e
Esperança suficiente para fazê-la feliz.

"As pessoas mais felizes não têm as
  melhores coisas, elas sabem fazer o melhor
  das oportunidades que
  aparecem em seus caminhos."

(Clarice Lispector)


A cada dia que vivo, mais me convenço de que o
desperdício da vida está no amor que não damos,
nas forças que não usamos, na prudência egoísta
que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento,
perdemos também a felicidade.

(Carlos Drumond de Andrade)


O segredo não é correr atrás das borboletas ...
é cuidar do jardim para que elas venham até nós !!!

(Mario Quintana)

Pensamentos Únicos

Deus nos dá pessoas e coisas para aprendermos a alegria ...
Depois, retoma coisas e pessoas para ver se já somos capazes
da alegria sózinhos.
Essa ... a alegria que ele quer.      (Guimarães Rosa)


A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância
das pessoas que passaram por nossas vidas.
                                                    (Clarice Lispector)

Quando uma porta da felicidade se fecha, outra se abre,
mas costumamos ficar olhando tanto tempo para a que
se fechou, que não vemos a outra que se abriu.
                                                    (Autor desconhecido)

                                                                       

A caminhada

Sei que na minha caminhada
tem um destino e uma direção,
por isso devo medir meus passos,
prestar atenção no que faço e
no que fazem os que por mim também passam
ou pelo quais passo eu ...
Que eu não me iluda com o ânimo
e o vigor dos primeiros trechos,
porque chegará o dia em que os pés
não terão tanta força e se ferirão no caminho
e se cansarão mais cedo ...
Todavia, quando o cansaço houver,
que eu não me desespere e
acredite que ainda terei forças
para continuar ...
principalmente quando houver
quem me auxilie.
É oportuno que, em meus sorrisos,
eu me lembre que existem os que choram,
que assim, meu sorriso não ofenda a
mágoa dos que sofrem: por outro lado,
quando chegar a minha vez de chorar,
que eu não me deixe dominar pela desesperança,
mas que eu entenda o meu sofrimento,
que me nivela, que me iguala,
que torna todas as pessoas iguais ...
Quando eu tiver tudo: farnel e coragem,
água no canil, e ânimo no coração,
calçado nos pés e chapéu na cabeça, e assim;
não temer o vento e o frio,
a chuva e o tempo.
Que eu não me considere melhor
do que aqueles que ficaram atrás,
porque pode vir o dia em que nada terei
mais para a minha jornada e aqueles,
que ultrapassei na caminhada,
me alcancarão e também poderão
fazer como eu fiz, e nada de fato fazerem por mim,
e que ficarei no meio do caminho, sem concluí-lo ...
Quando o dia brilhar, que tenha vontade de
ver a noite em que a caminhada será mais fácil
e mais amena; porém se a escuridão tornar
mais dificil a chegada, que eu saiba esperar
o dia, como aurora, seu calor como benção ...
Que eu perceba que a caminhada sozinha
pode ser mais rápida, mas muito vazia ...
Quando eu tiver sede, que encontre a
fonte do caminho.
Quando eu me perder, que ache a indicação,
a seta, a direção ...
Que eu não seja os que desviam,
mas que ninguém se desvie seguindo os meus passos.
Que a pressa em chegar não me afaste da alegria
de ver as flores simples que estão à beira da estrada.
Que eu não pertube a caminhada de ninguém,
que eu entenda que seguir faz bem,
mas que às vezes, é preciso ter a bravura dos fortes
para voltar atrás e recomeçar em outra direção ...
Que eu não me perca mais nas encruzilhadas,
e que não tema os que assaltam, embuçam ...
mas que eu vá onde devo ir, e,
se eu cair no meio do caminho,
que fique a lembrança da minha queda e que sirva
para impedir que outros caiam no mesmo abismo.
Que eu chegue, sim,
mas ainda mais importante ...
Que eu faça chegar também quem me perguntar,
quem me pediu conselho,
e acima de tudo me seguir ...
Confiando em mim !!!

Neste dia de domingo 3l/10/2010, eu não poderia
ter recebido nada mais lindo, mais rico que esse
texto de "Ponsancini".

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O amor

Palavras que Guimarães Rosa escreveu um dia e eu bebo elas.

"(...) Vou ensinar o que agorinha eu sei, demais: é que a gente pode ficar sempre alegre, alegre, mesmo com toda coisa ruim que acontece acontecendo. A gente deve de poder ficar então mais alegre, mais alegre, por dentro (...)"

Pura verdade, preencher o vazio do coração com bela alegria.
Fazer este trabalho com esmero.
Buscar sempre o amor verdadeiro,
Não em qualquer amor
Mas num amor envolvente
Aquele que na saudade
Faz doer o peito
E o coração fique aquebrantado
É dizer com esse coração
Que amar é fundamental
Sorrir sempre é essencial
Sentir tudo isso com
A alegria na alma.
Com dizia Guimarães Rosa
Pra que a gente fique então
Um pouquinho mais alegre
Por dentro !!!

Recaídas

Onde fiquei?
Em que lugar me abriguei?
Estou me procurando
Sempre me acho
Mas quando não me reconheço
Vou por aqueles caminhos,
Andar pelas estradas, mares ...
Não tem erro,
Vou sempre me encontrar
Nas estrelas que me acolhem,
Nos banhos demorados
com o embalo das grandes ondas,
|No feitiço das luas cheias,
No despontar de um novo amanhecer,
No encanto dos arco-iris
No cair do anoitecer ...
Minha alma gosta,
Meu espirito transcede !!!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Lindo poema de Mario Quintana

Certezas

Não quero alguém que morra de amor por mim, de novo.
Só preciso de alguém que goste de mim, que queira estar junto de mim, não me importando com que intensidade. Não tenho a pretensão de nada, o importante é saber que eu, em algum momento posso ser insubstituível.
E que esse momento será inesquecível.
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso estampado em meu rosto, mesmo quando a
situação não for muito alegre.
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para quem estiver ao meu lado.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém ...
e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Quero ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me
valoriza pelo que sou, não pelo que tenho ...
Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento ... e não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça,
para que seja sempre eu mesma.
Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã sempre será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei de novo plenamente feliz.
Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas ...
Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-la e entendê-la como "sim".
Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto, de poder dizer a alguém o quanto ele é especial naquele momento e importante pra mim, sem ter que me preocupar com terceiros.
Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer de novo, que nada foi em vão ...
Que o amor existe, que vale a pena se doar sempre, que a vida é bela, e que eu sempre dei o melhor de mim e que valeu muito a pena.

"CONNECT-JCO"

O meu trabalho!!!
É a benção que Deus me deu
E aos meus filhos
É a minha segunda casa mais completa.
Nessa porta que entro todas as manhãs,
Sei que Nosso Senhor entrou primeiro.
É a vida que me anima e realiza.
Nela fazem parte os clientes, fornecedores.
Familiares que me alentam.
Meus queridos colaboradores
Que completam essa jornada diária.
Um carinho imenso por todos.
Empresa abençoada
Fundada com luta, garra, determinação
Mas acima de tudo com um amor maior.
Cada dia que aqui passamos
É motivo de muito agradecimento !!!

Meu netinho Arthur

Suave rostinho inocente
Sorriso puro reluzente
Travesso, bagunceiro
De um jeitinho bem faceiro
Amor intenso nesse nenem
Pequenino gigante
Anjinho em forma de gente
Minha terceira alegria pequena
Amenizando ausências.
Doce criança
Portador de amor e esperança.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Meu neto

Figurinha de gente
Um menininho que transmite no olhar
A doçura de um amor querido
A minha segunda alegria pequena
A felicidade plena
Chegou de mansinho e me aquece
Com carinho o frio de certos dias,
O vazio de certas horas.
Entrou nessa história
Pra enriquecer a trama
Entrou abençoado,
O mais amado e trouxe consigo
Um nome que marcou vidas
Ele assina assim: José Carlos de Oliveira Neto

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Sonho com você

A garoa lá fora molha suavemente a vidraça.
O mar dorme embalado pelas caricias do vento
Enquanto olho a noite escura e quieta.
A tela do computador está acesa,
De vez em quando saio digitando.
Busco na imaginação o sorriso dos teus olhos,
O carinho da tua voz.
O teu desejo de mim.
Convidam-me a sonhar contigo
A sentarmos na lua, de mãos dadas.
Silenciosos, ouvindo os sons do universo
Sob o brilho das estrelas.
Ah !!! Olho o céu, está opaco, cinzento,
Sem brilho.
Vou para a cama.
Vou deixar os devaneios.
Vou sonhar os sonhos que sonhar.

Nada não existe

O tempo não pode ser perdido.
Um nada completo não existe.
Cada um traz a sua história
Com tantos paradigmas,
Correntes que aprisionam
Deixando a nossa marca
e maravilhosamente
As nossas digitais.

Ando sozinha

Ando sozinha por aí,
Gosto ...  me encontro
No amor, nas pessoas  ao redor
nas músicas que sei de cor
Roberto ainda é balada
Por onde passo, decoro as paisagens
ponho nelas os meus poemas,
retiro suas poesias...

Ando sozinha por aí,
Colho os momentos
Agasalho a minha alma
Se meu coração chora,
eu não vou embora… ensino-o a sorrir
na verdade sou uma menina
começo a minha sina
rabisco a felicidade, tiro os meus caminhos…

Frases do meu diário

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".


O amor nunca é prepotente, nem orgulhoso, não é rude, nem egoísta, não se ofende, nem recente, mas acima de tudo o amor é como o vento, não podemos ver ... mas podemos sentir intensamente !!!

Eu amo tudo o que foi, tudo o que já não é. A dor que já não me dói, a antiga e errônea fé, o ontem que a dor deixou. O que deixou alegria. Só porque já foi e voou.  E hoje já é outro dia !!!   (Fernando Pessoa)

O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inesplicáveis e pessoas incomparáveis.  (Fernando Pessoa)

Nunca se perde um amor, quando se amou de verdade Ele permanece !!!

Um dia desses, eu separo um tempinho e ponho em dia todos os choros que não tenho tido tempo de chorar.   (Carlos Drumond de Andrade)

Quanto mais sei, mas sei que não sei e quanto mais sei que não sei, mas sei que não preciso saber nada pra saber alguma coisa.

As coisas mais leves foram as únicas que o tempo não levou ...

Enquanto houver você do outro lado, eu consigo me orientar ...

A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida.
(Vinicius de Moraes)

Escrevo palavras sem esperança de alterar qualquer coisa, escrevo apenas para sentir minha alma falando, cantando e as vezes chorando ...

domingo, 24 de outubro de 2010

Minha Neta

video

Leticia

Menina linda
Que traz a felicidade
Nos seus caminhos, no seu nome.
Menina Flor
Que veio florir com alegria
Os jardins de tantas vidas
O seu dengo, a sua alegria
Contagia os corações
Encanta as vidas
Teve vida que se foi
Levando o seu perfume
No dia que a conheceu
No seu 1º dia
Se apaixonou definitivamente
Levou o seu sorriso mais puro
E foi o seu vovô,
Sem nunca ter tido um filho
Cada banho de mar juntos
Foram banhos de felicidades
Pra toda a história.
O seu chorinho de saudade
Também é o alento da doçura
Para o coração da vovó.
A sua vidinha
Percorrerá caminhos mágicos
E terá na sua histórinha
Muitos personagens
Muitas proteções
Tem um coração aqui
Que se regozija de orgulho
Em cada abraço, em cada beijo
Porque pensar que a vida ficou triste,
Se existe uma anjinha bochechuda
Para nos alegrar
Para os resto dos nossos dias !!!

Sônia (diário escrito em julho/2009)

Campo Belo

Sinto saudades !!!  
De caminhar pelas ruas
Aquelas ruas arborizadas
Olhar seus jardins nos quarteirões
Nos finais de tarde
Comecinho das noites    
Havia um prazer sem igual
Andar pelas ruas daquele lugar
Saia de uma, entrava na outra.
Nos meus passos os sonhos
Caminhavam juntos
Às vezes acompanhada
Por tão alegre companhia.
Estava tudo certo
Aquelas ruas arborizadas,
Aquela companhia.
Se voltar lá ... Que pena !!!
Não têm mais graça as ruas
Não tenho mais a minha companhia.
Também os meus pensamentos são outros,
Agora o coração bate em outras ruas
Em outra situação.
Também conheço essas ruas
Andei por todas elas
Quando menina,
Volto as minhas origens.
Ainda não sinto o seu aconchego
Uma vida se passou,
As cicatrizes do tempo
Ainda machuca
Mas na rua que chego todos os dias
De manhã e saio todas noites
Vou deixar de novo
A minha esperança,
A minha expectativa de um amanhã feliz,
De um fim digno de ser lembrado.
Penso sempre assim,
Tudo podemos naquele
Que nos fortalece !!!

sábado, 23 de outubro de 2010

Uma crônica real

Na madrugada calada,
coisas paradas, sentidas.
De vez em quando o ruído do mar,
abro a janela do meu quarto
esse barulhinho aumenta, acalenta
e me ponho a lembrar de tudo.
Um filme, com personagens gigantescas,
mirabolantes e eu pequenininha
no enredo abrangendo todo o cenário.
Passagens escritas em cada linha.
Uma menina que corria aqui mesmo,
sonhadora, alegre ...
foi criando a sua história.
Seu príncipe encantado veio
galopando num lindo cavalo branco.
Puxou-a para si e lhe entregou todo o seu amor,
toda a cumplicidade de uma vida, até o fim
e na sua partida como compensação
deixou-lhe 3 corações perfeitos
para suportar toda a sua ausência e amenizar
todo o sofrimento e amarguras que a
vida implacável lhe traria.
Mas essa história ainda estava na metade,
seu principe se foi, ela chorou, chorou tanto
todos os dias, muitos e muitos dias,
aqui também chorou.
De repente sentada neste mesmo lugar
com o mesmo ruido borbulhante do mar ,
aproximou-se um novo personagem,
não era um principe, mas era um novo personagem
"encantado" como o momento pedia.
Trazia um sorriso franco, sincero,
dois braços abertos para acolher toda a falta
que existia e acolheu ... se deu ...
Mas veio cansado da vida, 50 anos de marcas,
muitas feridas na sua trajetória e nem toda a
vontade de recomeçar foi o suficiente para ele ficar,
pra segurar sua passagem nesta história e
ele também se foi ...  ela chorou de novo,
tanto, tanto,  agora chorava também pelas
tantas perdas, muitas ...
E crescia essa história.
As alegrias que eram tão confortantes,
voltaram a ficar tristes, porém diferentes.
E de repente um susto, um chaqualhão,
tudo não poderia acabar assim,
não desse jeito tão monóloga e o desespero
tomou conta. Passou a procurar a continuação
da sua história ...
Ela procurou,  rápida como um foguete,
entrou no faz-de-conta, queria do fundo da sua alma
continuar, tropeçou, levantou, não conseguiu.
Os seus sonhos são inatingíveis, são tristes,
estão além ... quase impossíveis de serem alcançados.
Às vezes, muitas vezes, se pergunta:
Que história é essa ???
Será aquele filme que no fim só faz chorar !!!

"A saudade é a maior prova que o passado valeu a pena" !!!
"O presente é a prova que somos o que o passado nos deixou" !!!

Postagem real: Sônia

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

É preciso amar para poder seguir

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim,
Porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.
Nem me convidem a ser igual.
Porque sinceramente, sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentiras.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma,
Mas com certeza não serei a mesma pra sempre !!!

(Clarice Lispector)  maravilhosa

O que fazemos e o que levamos

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Vimos ao mundo sem coisa alguma,
Assim, uma coisa é certa:
Nada nos pertence.
Vimos absolutamente despidos,
Porém cheio de ilusões.
É por isso que toda criança
Nasce com as mãos fechadas, cerradas,
Acreditando que está trazendo tesouros ...
E aqueles punhos estão vazios.
E todos morremos com as mãos abertas.
Vamos tentar morrer com as mãos cerradas,
Mas até o momento ninguém ainda conseguiu.
Ou então vamos tentar nascer com as mãos abertas.
Ninguém ainda conseguiu também.
Nada nos pertence,
Então estamos preocupados com qual insegurança ???
Nada pode nos ser roubado,
Ninguém pode tirar nada de nós.
Tudo pertence ao mundo.
E um dia teremos que deixar tudo aqui.
Não seremos capaz de levar coisa alguma conosco.
Será que estamos no caminho certo?
As indicações que estamos no caminho certo é muito simples:
a)- Nossas tensões começam a desaparecer.
b)- Ficamos mais senhores de nós. Mais e mais calmos.
c)- Encontraremos belezas em coisas que jamais concebemos pudessem ser
     tão belas.
d)- As menores coisas começarão a ter imenso significado.
e)- O mundo inteiro se tornará mais e mais misterioso a cada dia.
f)- Nos tornaremos menos e menos cultos e mais e mais inocentes,
     como uma criança correndo atrás de borboletas, ou pegando conchas do mar
     numa praia.
g)- Sentiremos a vida não como um problema, mas como uma dádiva, uma
     benção, uma graça.
h)- Essas indicações crescerão continuamente se estivermos no caminho certo.
i)- Bastemo-nos !!!
     Não dependemos de nada para sermos felizes.
     Temos a vida !!!

ENTÃO ...  SOU MUITO FELIZ,  GRAÇAS A DEUS  !!!

Tirado do livro: "Mais pepitas de ouro"

Postagem: Sônia  (maravilhoso texto)

Instante mágico

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento em que um "sim" ou um "não"
pode mudar toda a nossa existência !!!

"Me ame quando eu menos merecer, porque é quando eu mais preciso" !!!

Nosso ego é a "cortina" que separa as duas realidades uma da outra. Só retirando a cortina, podemos ter acesso a Luz !!!

Ah !  Se eu pudesse dizer tudo que tenho trancado aqui no peito, mas não posso.
Eu não posso nem chorar. Eu acho que, se eu chorasse, iam sair pedras do meus
olhos !!!

Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas ... o tempo passa ...
e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais !!!

Pensamentos guardados em meu diário de vários autores.
Postados por: Sônia

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Saudade infinita



Queria mais que apenas versos escrever,
queria ser a propria poesia,
assim conseguiria chegar até você.
Mergulharia na imensidão dos teus olhos,
te abraçaria em cada verso,
te faria sentir todas as lágrimas vestidas
quando cada verso de mim nascia.



Saudade é uma palavra sem significado,
ela só pode ser sentida ...
E uma dor que inflama a alma,
é uma luz de claridade
intensa que vêm e que cega.

Tão longe de mim estás,
mesmo assim tenho aqui o teu amor,
guardo cada verso e te mostrarei um dia.
Lamentarei por toda vida não poder
compartilhar contigo a dor da tua ausência.

E que só consigo desafogar na arte da escrita,
tentando grafar um dor infinitamente grande
desde o momento da tua partida.

O amor de outrora

Não quero um novo amor,
quero aquele de outrora.
Amor que de mim fazia menina.
Abancava-me em seu colo.

                                                  
                                               
Ali adormecia ouvindo sussurros   
a p a i x o n a d o s .

Eu não quero um novo amor,
quero aquele antigo.
Assistir o mesmo filme e comer pipocas.
Sorrir das mesmas piadas,
aquelas até sem graça.

Estou presa em teu abraço,                                                                            ligada a tua alma.
Mesmo que a distância infinda,
tenha obstado nossos caminhos.

Cem motivos para viver

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".


Cem vezes me perdi
Cem vezes me encontrei
Sem medo também fiquei
Sem você também

Cem vezes disse que te gosto
Cem vezes está tudo acabado
Sem coragem de ir embora
Sem certeza também

Cem motivos para pensar, analisar
Cem outros motivos para continuar
Sem sonhos não tem graça
Sem coragem ele disfarça

Cem histórias para contar
Cem motivos para viver
Cem idéias novas
Pra continuar e continuar escrevendo !!!