sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O que fazemos e o que levamos

Tenho neste blog leituras dos meus olhos, "as minhas estão com o meu nome no rodapé".

Vimos ao mundo sem coisa alguma,
Assim, uma coisa é certa:
Nada nos pertence.
Vimos absolutamente despidos,
Porém cheio de ilusões.
É por isso que toda criança
Nasce com as mãos fechadas, cerradas,
Acreditando que está trazendo tesouros ...
E aqueles punhos estão vazios.
E todos morremos com as mãos abertas.
Vamos tentar morrer com as mãos cerradas,
Mas até o momento ninguém ainda conseguiu.
Ou então vamos tentar nascer com as mãos abertas.
Ninguém ainda conseguiu também.
Nada nos pertence,
Então estamos preocupados com qual insegurança ???
Nada pode nos ser roubado,
Ninguém pode tirar nada de nós.
Tudo pertence ao mundo.
E um dia teremos que deixar tudo aqui.
Não seremos capaz de levar coisa alguma conosco.
Será que estamos no caminho certo?
As indicações que estamos no caminho certo é muito simples:
a)- Nossas tensões começam a desaparecer.
b)- Ficamos mais senhores de nós. Mais e mais calmos.
c)- Encontraremos belezas em coisas que jamais concebemos pudessem ser
     tão belas.
d)- As menores coisas começarão a ter imenso significado.
e)- O mundo inteiro se tornará mais e mais misterioso a cada dia.
f)- Nos tornaremos menos e menos cultos e mais e mais inocentes,
     como uma criança correndo atrás de borboletas, ou pegando conchas do mar
     numa praia.
g)- Sentiremos a vida não como um problema, mas como uma dádiva, uma
     benção, uma graça.
h)- Essas indicações crescerão continuamente se estivermos no caminho certo.
i)- Bastemo-nos !!!
     Não dependemos de nada para sermos felizes.
     Temos a vida !!!

ENTÃO ...  SOU MUITO FELIZ,  GRAÇAS A DEUS  !!!

Tirado do livro: "Mais pepitas de ouro"

Postagem: Sônia  (maravilhoso texto)

Um comentário:

PROSAS DO CADERNO disse...

Não curto muito explicações, mas não poso negar que o teto acima é um chapéu que cobre a cabeça, e cabe dentro das verdades precisas...
bjs