quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Saudade infinita



Queria mais que apenas versos escrever,
queria ser a propria poesia,
assim conseguiria chegar até você.
Mergulharia na imensidão dos teus olhos,
te abraçaria em cada verso,
te faria sentir todas as lágrimas vestidas
quando cada verso de mim nascia.



Saudade é uma palavra sem significado,
ela só pode ser sentida ...
E uma dor que inflama a alma,
é uma luz de claridade
intensa que vêm e que cega.

Tão longe de mim estás,
mesmo assim tenho aqui o teu amor,
guardo cada verso e te mostrarei um dia.
Lamentarei por toda vida não poder
compartilhar contigo a dor da tua ausência.

E que só consigo desafogar na arte da escrita,
tentando grafar um dor infinitamente grande
desde o momento da tua partida.

Um comentário:

PROSAS DO CADERNO disse...

Queria mais que apenas versos
duas, três ou mais rosas
e entre tudo misturar o amor,
deixar subir o vapor... perder-se no universo!!!
bjs