quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Meu netinho Arthur

Suave rostinho inocente
Sorriso puro reluzente
Travesso, bagunceiro
De um jeitinho bem faceiro
Amor intenso nesse nenem
Pequenino gigante
Anjinho em forma de gente
Minha terceira alegria pequena
Amenizando ausências.
Doce criança
Portador de amor e esperança.

Um comentário:

PROSAS DO CADERNO disse...

Olá Sônia, teu neto tem nome de Rei,
e ele vai fazer muitas conquistas.
bjs