terça-feira, 26 de outubro de 2010

Nada não existe

O tempo não pode ser perdido.
Um nada completo não existe.
Cada um traz a sua história
Com tantos paradigmas,
Correntes que aprisionam
Deixando a nossa marca
e maravilhosamente
As nossas digitais.

Um comentário:

PROSAS DO CADERNO disse...

Gostei, as nossas marcas estão no cosmo - "é um termo que designa o universo em seu conjunto"
bjs