quinta-feira, 18 de abril de 2013

Os dias amanhecem ... 
Sempre,
E em cada despontar do Sol,
a esperança dele brilhar mais e mais,
Sempre ... dentro de nós.

E em cada amanhecer também uma oração
significativa de viver e também o desejo
de que a vida continue em versos:


Procure ...
Descubra a cor dos meus
pensamentos.
Deixe o impossível acontecer,
E procure entender
quando doer.

Não desperdice
os seus pensamentos
Em se aborrecer
Economize-os para
desperdiçá-los
Quando os dias
amanhecerem escuros
E eu  precisar ...
e você precisar.

No momento os dias estão confusos.pra mim
Deixa amor... Deixa-me fugir das antecedências,
Deixa-me entender o que preciso,
O que nunca pensei ...
E ir para o fundo do meu querer...
Encontrar-me e tentar ficar bem

Depois então me manda ficar quieta!
Sem receio e sem dó,
Quando te conhecí eu só queria isso
ficar quieta, nada mais
.
A vida vai acontecendo e surpreendendo a cada dia ...
(inspirada na web)

2 comentários:

jose vitor lemes disse...

Oi Sônia!
Os dias!!!!
São tantos...!
Para cada um deles há um sol explicito.
O brilho que ele traz incendeia o coração... Faz jorrar o amor.
Há nele um raio especifico que inflama a felicidade.
A felicidade é uma caixinha de pandora que se preenche dia a dia…

jose vitor Lemes disse...

Olá Sônia!
Vim para saber um pouco destes dias confusos, vim para professar que la... Bem ao fundo do querer há de estar o encontro que lhe dará por medidas precisas pedaços de contemplações… No parecer de cada dia o escuro se perde entre o sol, os raios dissipam os confusos e traz átona a quietude, que mesmo quieta — faz sonoridade que lhe alegrará a alma!

beijos maninha