terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A eternidade que agora quero

Eternidade

Eu desistiria da eternidade para tocar em você;
Pois sei que de alguma forma você me percebe,
Você é o mais perto do céu que posso chegar;
Eu não quero voltar para casa agora;
O único gosto que sinto é o deste momento;
E tudo que tenho para respirar é o seu amor;
Porque cedo ou tarde isto pode acabar;
Esta noite não te deixarei ir;
Eu preferiria...
Sentir o carinho indivisível;
Tocar uma vez em sua mão;
Dar um beijo em sua boca;
A passar a eternidade sem isso...

2 comentários:

José Vitor disse...

Quanta luxúria! mas é assim por um amor se faz loucura.

Olá!

leacir disse...

Sonia, tudo é eterno enquanto existe a imaginação e o querer, eternidade é para quem ama com intensidade.....venha para o amor !!
beijos